Dicas

Organização do consultório: confira 6 dicas infalíveis

Organização do consultório: confira 6 dicas infalíveis
Compartilhar | Comentar

  É fato que a organização do consultório transforma o ambiente e o trabalho flui muito melhor. Certo? Mas com tantos produtos e instrumentais minúsculos fica muito difícil manter a ordem. Além da organização das gavetas e da bancada, é muito importante manter o estoque organizado.

  Você já ouviu falar da técnica de organização da Marie Kondo? Ela é uma japonesa, especialista em organização pessoal. Dona de quatro livros sobre o assunto, ganhou uma série no Netflix onde dá dicas sobre organização e desapego. No consultório, podemos aplicar os conhecimentos da Marie Kondo de algumas formas, como por exemplo, eliminar itens que você não utiliza mais e, se possível, doar para algum colega ou recém-formado que usará mais que você.

  Agora, vamos ver 6 dicas infalíveis para a organização do consultório.

1 – Organize as gavetas por especialidades ou procedimentos

  Se você é cirurgião-dentista ou possui mais de uma especialidade, é muito importante deixar os produtos separados. Assim, você ganha mais tempo nos atendimentos e consequentemente, vai direto para a gaveta do procedimento que está fazendo.

  Outra dica é separar por procedimentos, por exemplo, na gaveta de moldagens você armazena o alginato, o silicone, as moldeiras, cuba e espátula. Ou no caso do clareamento, você coloca as seringas, moldeiras, etc. Na hora de realizar os procedimentos, é muito importante que você já esteja com tudo preparado. Organizando as gavetas dessa forma, não é necessário tirar todos os produtos e colocar na bancada. Etiquetas também serão essenciais na organização do consultório.

2 – Marcador para organização dos instrumentais

  Caso você trabalhe com outros profissionais, é muito importante separar os seus instrumentais do restante da equipe. É imprescindível que os marcadores sejam de cores diferentes e autoclaváveis. Dessa forma, os materiais não se perdem ou se confundem, e podem ser autoclavados.

3 – Disponha os materiais na bancada de uma maneira que facilite seu uso e ergonomia

  Quanto mais perto os materiais estiverem de você, melhor! Dessa forma, não vai acontecer de ficar o dia todo se esticando para alcançar os materiais. Mesmo que o mocho tenha rodinhas, não é bom sair de perto do paciente toda vez que precise pegar algo para o procedimento, certo?

4 – Separe as fichas dos pacientes em ordem alfabética

  Não existe nada pior do que se perder em meio as fichas dos pacientes. Invista em pastas para organizar as fichas em ordem alfabética, assim você vai direto na letra do nome e encontra com mais facilidade.

  Além disso, é superimportante manter todos os documentos desse paciente dentro de uma pasta, a anamnese, os exames radiográficos, tudo! Dessa forma, quando você for atender um paciente, você terá todas as informações e documentos em um só lugar.

5 – Mantenha a lista de materiais atualizada

  Mesmo que você faça as suas compras ou delegue essa função para a secretária ou auxiliar, só você sabe o que realmente está faltando no seu estoque. Escreva em um papel ou em um documento no computador todos os materiais que estão faltando ou que você deseja comprar. Assim, quando você ou sua secretária fizer a compra, é só preencher os itens no site.

6 – O estoque também faz parte da organização do consultório

  Normalmente, a compra dos materiais é feita em grande quantidade para manter um estoque dos produtos básicos do dia a dia. Mantenha-os organizados em um espaço exclusivo para eles e, principalmente, fique atento ao prazo de validade.

#DICAEXTRA: seus equipamentos merecem um cuidado especial!

Tenha um cuidado extra com os seus equipamentos, principalmente os que possuem fios. Tente deixá-los o mais fixo possível! Seja com canaletas, fitas ou presos no chão.

A organização deve ser um hábito

  O mais importante de tudo isso é manter a organização! Não adianta nada arrumar tudo e depois de um tempo voltar a ser como era.  Uma dica é manter um check-list de coisas que você precisa fazer e determinar um dia da semana para arrumar tudo no lugar novamente. Essas atitudes são positivas para você, pois o seu trabalho será otimizado. E seus pacientes que irão valorizar a sua preocupação com o ambiente, dando mais credibilidade para você.

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.