Odontopediatria

Conselhos para quem quer ser Odontopediatra

Conselhos para quem quer ser Odontopediatra
Compartilhar | Comentar

Antes de começarmos a falar sobre essa especialidade, gostaria de te fazer uma pergunta. “Você gosta de crianças ou gosta de tratar crianças? ” Se a sua resposta for sim para a segunda pergunta, então você está no caminho certo da Odontopediatria.

Logo que me formei na graduação, quando comecei a pesquisar sobre especializações e mestrado em Odontopediatria, uma professora minha me perguntou isso e hoje faz todo o sentido. Não basta apenas gostarmos de crianças, precisamos gostar de tratá-las também. Eessa especialidade não é apenas um consultório lúdico, colorido e de jalecos divertidos, é muito mais que isso. É uma área que engloba todas as outras especialidades em uma: endodontia, dentística, periodontia, cirurgia e até ortodontia. Uma especialidade que vai além da relação paciente-dentista, que requer amor a profissão, muito carinho com os pequenos e muita, mas muita paciência.

A odontopediatria e uma área da odontologia que cuida da saúde bucal das crianças, adolescentes e também de bebês e gestantes. Acredito que todo o tratamento da saúde oral precisa começar quando a criança ainda está na barriga da mãe, defendo muito a importância da prevenção e do pré-natal odontológico, no qual a gestante passa a cuidar da sua saúde bucal, procura se informar sobre as mudanças que podem acontecer em sua boca e aprender desde cedo como cuidar da higiene do seu pequeno.

Apesar de ser o foco da área, não podemos esquecer que, antes de se tornar especialista no atendimento de crianças, o dentista estuda todos os campos da odontologia quando se forma cirurgião. E também é capaz de acompanhar as mudanças do paciente ao longo dos anos, tanto emocionais quanto fisiológicas.

Hoje sabemos que o grande medo que algumas pessoas têm de enfrentar a cadeira do dentista é consequência de experiências negativas do passado, quando crianças. Por esse motivo, essa especialidade é tão fundamental.

A infância é uma fase muito importante da vida e que precisa de atenção em todos os sentidos, até mesmo na saúde bucal. A odontopediatria tem um grande valor nessa missão, pois acompanhamos de perto o crescimento das crianças e podemos ajudá-las a manter e criar bons hábitos, desmistificando a ideia de que o dentista é uma coisa assustadora e contribuindo assim para adultos mais conscientes e confiantes. Os pequenos precisam de maior atenção e psicologia para que a visita ao dentista seja a mais agradável possível. O ambiente também deve ser atrativo e lúdico, ajudando a criança a se sentir confiante e descontraída.

Para ilustrar, selecionei algumas fotos da minha clínica em Maringá, no Paraná, para servir de inspiração para vocês que estejam se preparando para cursar a especialidade.

Mas vamos lá, nem tudo são flores não é mesmo? Alguns pacientes que irão chorar, e muito; há aqueles que irão se negar a fazer o tratamento, os que vão morder o seu dedo, e até alguns que podem vomitar durante o procedimento. Sim, isso já aconteceu comigo diversas vezes. Mas pense que são crianças, não adultos em miniatura. Elas estão em constante crescimento e aprendizado. O choro é uma reação normal dos pequenos para mostrar que tem algo acontecendo com eles. É normal! A odontopediatria é muito mais hardcore do que muitos imaginam.

Mas agora pense por outro lado, não tem nada mais gratificante do que terminar um tratamento complicado e difícil depois de tantas lagrimas e choro, e ainda receber um beijo tímido e um abraço apertado, alem da certeza que trouxemos saúde a esse pequeno. Ou ganhar de presente um desenho rabiscado, onde a criança escreveu que adorou ir ao dentista. Sem contar o carinho e o reconhecimento dos pais pelo trabalho realizado. Rir até doer a barriga das coisas mais loucas que só uma criança inocente poderia dizer.

Odontopediatria é amor, pureza, carinho, compreensão e paciência.

Se você sobreviveu até o fim desse artigo e não se sentiu intimidado, pelo contrário, se sentiu mais motivado, então, seja bem-vindo a linda e apaixonante Odontopediatria! Vou adorar compartilhar as minhas experiências e dicas aqui no Blog da Dental Cremer com você.

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.