Casos Clínicos

Endocrown de compósito nanohíbrido Brava Block usinada em CAD/CAM

Endocrown de compósito nanohíbrido Brava Block usinada em CAD/CAM
Compartilhar | Comentar

A queixa

Paciente do sexo masculino, 36 anos. Dente 36 com dor espontânea.

O exame clínico/radiográfico

O dente 36 apresentava pulpite irreversível proveniente de extensa lesão de cárie e lesão endoperio.

O tratamento

Foi realizado tratamento endodôntico e periodontal para devolver a saúde do dente visando sua manutenção em boca. Com o intuito de preservar a estrutura dental e evitar maior fragilização das raízes com instalação de retentores intrarradiculares, optou-se por uma peça protética tipo endocrown, confeccionada em CAD/CAM, utilizando material nanohibrido Brava Block (FGM).

Passo a passo

Após tratamento endodôntico, foi feito um núcleo de preenchimento com cimento resinoso Allcem Core (FGM). O dente foi preparado mantendo as bordas planas com pelo menos 1mm de espessura (Imagens 1A e 1B). Na parte central foi feito um caixa de aproximadamente 5x4x3mm para promover retenção e estabilidade à peça protética.

Foi realizada a moldagem do preparo com silicone de adição seguida da confecção de restauração provisória (Imagem 2). Os moldes foram enviados ao laboratório para confecção dos modelos em gesso especial Esthec Basic 300 (Dentona). O escaneamento for realizado em Map 400, desenho em Ceramil Mind e a usinagem em Motion 2, pelo sistema CAD/CAM (Amann Girrbach).

Com a peça pronta (Imagem 3), foram checados contatos proximais, oclusais e adaptação marginal. Em seguida, foram realizados isolamento absoluto e limpeza da estrutura dentária com pedra pomes e mini escova de Robson.

Condicionamento ácido das margens de esmalte (Imagens 4ª – 4C) por 30 segundos com ácido fosfórico a 37% Condac 37 (FGM), aplicação de adesivo universal Ambar Universal (FGM) e fotopolimerização por 20 segundos.

A peça foi jateada com óxido de alumínio em sua porção interna, então ácido fosfórico foi aplicado para limpeza (Imagens 5A – 5D). Nota-se o aspecto poroso e fosco após aplicação. Com a peça já seca, aplicou-se silano Prosil (FGM) e adesivo universal Ambar Universal (FGM).

O cimento resinoso dual Allcem Core (FGM) foi aplicado na porção interna da endocrown e então posicionada no dente. Os excessos foram removidos e cada superfície foi fotopolimerizada por 20 segundos (Imagens 6A e 6B). Após a cimentação, os contatos foram checados e a peça foi devidamente polida (Imagens 7A – 7C).

“O resultado final demonstrou que tanto o tipo de prótese endocrown, quanto o compósito nanohíbrido Brava Block atingiram o objetivo de restaurar as funções fisiológicas e estéticas para o caso clínico apresentado.”

Prof. Dr. Rogério Goulart da Costa

Autores:

– Prof. Dr. Denis Roberto Falcão Spina;

– Prof. Dr. Cesar Henrique Tognetti Alves;

– Prof. Dr. Rogério Goulart da Costa.

Fonte: FGM Produtos Odontológicos

 

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.