Ortodontia

Entenda sobre os centros de força na Ortodontia: resistência e rotação

Entenda sobre os centros de força na Ortodontia: resistência e rotação
Compartilhar | Comentar

A Ortodontia tem muitas nuances e baseia-se em várias abordagens importantes para proporcionar ao paciente um correto tratamento ortodôntico.

Porém, independente do tipo de bráquete ou mesmo da marca de um aparelho ortodôntico, a biologia do movimento dentário ainda é a mesma. Sendo que para o dente se movimentar é preciso que uma força seja aplicada sobre ele.

O centro de resistência

Se pudéssemos aplicar uma força sobre o centro de resistência de um dente, ele se moveria em linha reta sem tendência à rotação. Porém, como pode-se ver na figura abaixo (Figura 1), não é possível que a força seja exercida exatamente no centro de resistência, pois ele encontra-se na raiz do dente e recoberto de osso alveolar.

Figura 1 – Centro de resistência (CR) dentário

O centro de rotação e o “momento”

Então, como não é possível exercer uma força diretamente sobre o centro de resistência de um dente, a força geralmente é exercida na coroa dentária, e uma tendência de rotação é criada neste dente, também conhecida como momento (Figura 2).

Figura 2 – Tendências de giro, com a variação da direção e local de aplicação da força ortodôntica

A importância do bráquete na Ortodontia

Os bráquetes têm uma grande importância quando se fala das forças em Ortodontia. Pois é exatamente por meio deste acessório, colado na coroa dentária, que o dente pode ser movimentado de forma controlada.

Geralmente, os fios ortodônticos passam próximos deste acessório que estão bem presos aos dentes. Assim, a força pode ser transmitida ao dente e o movimento pode ocorrer (Figura 3).

Figura 3 – Fio ortodôntico inserido dentro dos slots de um bráquete

Resumidamente, pode-se entender a força ortodôntica a partir do conceito da física, de que é a energia necessária para que alterações de forma ou movimentos sejam criados em corpos. Ela é resultado da ação de um corpo sobre o outro. No caso da Ortodontia: um fio/arco, um elástico, entre outros acessórios, atuam sobre o dente.

Até o próximo texto!

Referências:
Livro: Flávio Vellini – Ortodontia – Diagnóstivo e Planejamento Clinico

Site: www.buenoodontologia.com.br
E-mail: george@buenoodontologia.com.br

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.