Entrevistas

Gigantes da Odontologia entrevista: Baratieri

Gigantes da Odontologia entrevista: Baratieri
Compartilhar | Comentar

Hoje iniciamos uma pequena série de entrevistas com alguns dos grandes nomes da Odontologia. Toda sexta-feira, apresentaremos à você, entrevistas exclusivas de profissionais com grande bagagem e muitas curiosidades para contar. Para iniciar, convidamos o professor Luiz Narciso Baratieri para responder algumas perguntas sobre sua trajetória na Odontologia. Acompanhe:

1- O que fez você se apaixonar pela profissão?

A medida que eu ia conhecendo a profissão e perdendo o medo, me apaixonava cada vez mais. Mas, a possibilidade de atender pessoas e permitir que elas não tivessem cárie e doença periodontal, foi talvez a principal razão dessa minha “louca paixão”.

2- Como foi quando você percebeu que estava sendo fonte de inspiração para outras pessoas?

Eu já era “velho” quando percebi. Um dentista de Caxias do Sul me apresentou seu filho, um recém-formado e disse “Baratieri, quando eu estava no último semestre da faculdade, assisti um curso seu que mudou minha vida. Eu iria desistir da profissão e você me fez voltar. Contudo, agora peço que ajude meu filho”. Fiquei meio balançado com aquilo, mas o filho dele também não desistiu, se formou dentista e é meu amigo hoje. Foi aí que percebi que meus cursos, além de didáticos, também serviram e servem até hoje como inspiração para outros dentistas.

3- Quem são suas maiores influências no universo odontológico?

O professor Paulo Kano é o dentista que mais me faz pensar e repensar as coisas, sou fã dele. Mas, fui influenciado por vários,  cada um a sua maneira.

4- Tem algum desejo ou experiência profissional que você ainda não realizou? Se sim, qual?

Sim. Quero começar a usar microscópio em meu consultório para desenvolver novas técnicas e procedimentos. Existe um muito bom da Zeiss.

5- Qual caso clínico, realizado por você, tem um significado especial? E por quê?

Já realizei tantos, que é impossível eu lembrar de um específico. Porém, há um bem simples de colagem de fragmento dental que publicamos na Quintessencia internacional que eu amo.

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.