Ortodontia

Equilíbrio funcional e estético: a Harmonização Facial após o tratamento ortodôntico

Equilíbrio funcional e estético: a Harmonização Facial após o tratamento ortodôntico
Compartilhar | Comentar

Um dos assuntos mais falados no momento na Odontologia é a harmonização orofacial. Face sem marcas de expressões, bigodes chineses reduzidos, lentes de contato, atenuação de sorriso gengival, papadas diminuídas e até mesmo procedimentos de bichectomias são os queridinhos dos pacientes quando se fala nesse assunto. Porém o que pouco se fala é sobre uma harmonização facial após o tratamento ortodôntico. A ortodontia é descrita no dicionário como o ramo da odontologia que se ocupa da prevenção e correção dos defeitos de posição dentária e problemas faciais associados, isso nos leva a entender que os conceitos de estética e função são inseparáveis e interdependentes.

Recapitulando a Harmonização Facial

A Harmonização Facial é um conjunto de procedimentos estéticos que tem por objetivo harmonizar os dentes esteticamente e funcionalmente com a boca e com a face. Ela atende a ansiedade e a expectativa das pessoas que buscam um ganho estético facial mais amplo. Onde os dentes complementam o sorriso que completam o rosto, como um todo, a partir de uma visão mais aprofundada da face na busca de um equilíbrio funcional e estético integrado.

Após tratamento ortodôntico, algumas vezes, os lábios podem estar irregulares ou a função muscular em desequilíbrio, gerando marcas de expressão como o famoso “bigode chinês” (que é a linha naso-labial acentuada), o “código de barras” que são aquelas ruguinhas em torno do lábios ou o excesso de papada que acaba trazendo um desequilíbrio na face do paciente. Até mesmo um lábio diminuído pode trazer um aspecto envelhecido ao rosto do paciente. Por isso é de fundamental o importante papel do(a) dentista habilitado(a) nessa área para fazer um planejamento detalhado visando integrar esteticamente e funcionalmente os dentes, lábios, gengiva, expressões faciais e músculos da face.

Ortodontia

O principal objetivo da ortodontia é o perfeito alinhamento dentário mas também pode proporcionar ao paciente uma melhora significativa da aparência do rosto além de facilitar a mastigação, promover a higiene bucal e, consequentemente, diminuir a incidência de cáries e doenças na gengiva.

Com o passar dos anos, pode ocorrer uma perda da definição da borda inferior do rosto e o ângulo da mandíbula pode aumentar, fatores que acabam por intensificar o envelhecimento facial de pessoas que não fizeram nenhum tipo de tratamento durante a infância ou adolescência e acabam por acelerar este processo. Os sinais mais comuns são apinhamentos dentários, flacidez, rugas, sulcos mais marcados, perda de suporte labial e de suporte nasal. Os dentes e ossos ( maxila e mandíbula) quando estão posicionados de forma incorreta podem trazer um envelhecimento precoce a face, por exemplo pacientes com padrão classe III.

Alguns procedimentos muito comuns utilizados após os tratamentos ortodônticos:

Toxina Botulínica: atua diretamente no equilíbrio da função muscular estética e funcionalmente como em casos de pacientes com paralisia facial, bruxismo e sorriso gengival.

Ácido Hialurônico: substância terapêutica de grande importância na harmonização orofacial. Ela devolve volume além de restabelecer um equilíbrio funcional dos lábios e linhas de expressões estáticas como “bigode chinês” e “linha de marionete”.

Lipo Enzimática de Papada: a formação da papada está muito associada a função muscular alterada dos músculos da cabeça e do pescoço. Quer seja por um problema postural habitual ou por um problema de mastigação e deglutição irregular (engolir alimentos). Portanto não se trata apenas de reduzir o volume de gordura esteticamente, mas sim de reequilibrar toda a função muscular da cabeça e do pescoço.

PRP: é um concentrado de proteína plasmática rica em plaquetas derivado de sangue e atualmente é muito utilizado na harmonização orofacial e nos implantes dentários.

Bichectomia: é um procedimento clínico cirúrgico de pequeno porte realizado em ambiente de consultório com anestesia local. Com uma pequena incisão de 1cm que tem por objetivo a remoção da gordura de Bichat das bochechas. Esta remoção pode ser feita com finalidade estética ou funcional, sendo:

  • Na finalidade estética o principal objetivo é de afinar o rosto;
  • Na finalidade funcional o objetivo é reduzir as enormes e dolorosas aftas e os constantes sangramentos causados pelas mordidas internas da bochecha.

De forma geral, os ossos da face dão sustentação aos músculos e tecidos faciais que envolvem a boca. Por isso, ao corrigir o desalinhamento dentário concomitantemente com a expansão das arcadas, existe uma melhora da estética do sorriso e do tecido circundantes. Assim como a redução da exposição da gengiva e dentes superiores, através do tratamento ortodôntico, propicia ao paciente um rosto mais jovial e harmonioso.

Através da aplicação de toxina botulínica, ácido hialurônico, enzimas para papada e dentre outros, podemos complementar a estética orofacial do paciente após a finalização do tratamento ortodôntico, uma vez que nem todos os casos dos pacientes conseguem ser finalizados em perfeita harmonia entre dentes e músculos.

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.