Gestão e Marketing

Instagram ou Facebook: qual a melhor rede social para divulgar seu consultório?

Instagram ou Facebook: qual a melhor rede social para divulgar seu consultório?
Compartilhar | Comentar

Uma coisa é certa: as redes sociais, sejam ela Facebook ou Instagram, são ferramentas de marketing digital poderosíssimas para divulgar seu consultório. Sabe por quê? Porque todo mundo está lá.

O melhor marketing é aquele que coloca sua marca onde a maioria das pessoas está. Assim mais gente te enxerga e lembra de você. Deixe sempre em mente a frase “quem não é visto não é lembrado“.

Agora eu quero te fazer duas perguntas:

  1. O seu público está no Facebook?
  2. O seu público está no Instagram?

Se a sua resposta foi sim para a primeira pergunta, você precisa ter uma página no Facebook para seu consultório. Se sua resposta foi sim para a segunda pergunta, você precisa ter uma página no Facebook e uma conta no Instagram. E se você respondeu sim para as duas perguntas, você precisa ter tanto uma fanpage (ou página no Facebook) quanto uma conta no Instagram.

Repare que o Facebook está em todas as opções.

Por que ter uma Fanpage no Facebook se meu público está apenas no Instagram?

Você já deve saber, mas o Instagram pertence ao Facebook. Então, quando você quiser ir para um nível mais avançado de divulgação, como a criação de anúncios patrocinados no Instagram, precisará ter a fanpage também. A cobrança de anúncios é feita através do gerenciador do Facebook, e também é através dessa ferramenta que você poderá criar anúncios segmentados de acordo com o público que você deseja atingir.

Pode parecer confuso agora, mas basta você saber que, a partir do momento em que sua conta do Instagram estiver vinculada à sua fanpage, há formas muito mais eficazes de divulgar seu consultório, ou seja, resultados ainda melhores.

Em termos de engajamento, você já deve ter notado que o Instagram ganha do Facebook, né?

Isso quer dizer que o Instagram é melhor que o Facebook?

Não. A melhor rede social é sempre aquela onde seu público está.

Ao postar no Instagram, instantaneamente você ganha muito mais curtidas do que quando posta no Facebook. Mas isso acontece porque o Insta é uma rede social mais visual e com menos informações. É basicamente um feed com fotos, onde o usuário vai rolando pela tela e curtindo as imagens do seu interesse. Além disso, as “curtidas” não ficam escancaradas, são mais discretas e privadas, por isso os usuários engajam com aquilo que sentem vontade.

Já no Facebook, tudo o que você faz é praticamente anunciado em megafone para que todos os seus amigos vejam. Então, na maioria das vezes, isso faz com que o usuário se controle mais antes de sair apertando like. Além disso, há muito mais distrações, pois os posts aparecem em vários formatos – há testes, artigos, textos, vídeos, fotos, anúncios, chat, grupos, apps, eventos, etc.

Detalhe importante!

Lembre-se que o número de curtidas não diz muita coisa se não existe a chance dessas pessoas se tornarem um de seus pacientes.

Muitos “Instagrams” de dentistas recebem centenas de curtidas de outros profissionais da área por estarem com hashtags (#) relacionadas à odontologia, o que torna seus posts mais “visíveis” para quem procura por essas tags.

Portanto, se o seu Instagram tem muitas curtidas, mas não são de prováveis pacientes, isso não quer dizer muito em termos de marketing para o consultório. Por isso, você precisa deixar bem claro para você mesmo e para os seus seguidores, se sua conta é direcionada para colegas dentistas ou para pacientes, senão terá muitas curtidas aleatórias, que sem um objetivo definido, não te trazem resultado algum.

Quer saber um pouco mais sobre o que as redes sociais podem fazer pelo sucesso do seu consultório? Baixe o e-Book “Como transformar fãs em pacientes” que criei em parceira com a Dental Cremer e confira dicas e ferramentas valiosas para evidenciar o seu trabalho nas redes sociais. É só clicar aqui.

Até a próxima!

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.