Dicas

Não faça pós-graduação antes de responder essas perguntas

Não faça pós-graduação antes de responder essas perguntas
Compartilhar | Comentar

A escolha de uma Pós-Graduação certa é tão importante quanto da graduação em si. Com algumas perguntas básicas, a Drª Maria Paula apresenta dicas importantíssimas para que está entrando nessa fase e tenha algum tipo de dúvida. Acompanhe:

Por que eu quero fazer uma pós-graduação?

Pense nas razões de querer fazer uma pós-graduação, você quer se diferenciar e isso é ótimo, porém você precisa ter certeza de qual área vai escolher.

Vejo muitos colegas escolhendo uma especialização sem saber realmente se gosta, o que ele vai encontrar, quais procedimentos ele terá que realizar.

Muitos escolhem apenas pelo fator remuneração, “Ah, vou fazer implante pois dá dinheiro”. Cuidado! Escolher apenas pelo fator financeiro pode não ser uma boa.

Estou (realmente) disponível para o compromisso?

Ah essa é uma excelente pergunta, já vi muitos colegas abandonando os cursos ou fazendo uma especialização sem nenhum comprometimento. Não entregavam os trabalhos, faltavam às clínicas. Um desperdício de tempo, dinheiro e energia.

Fazer uma pós exige dedicação, tempo de estudos além do período das aulas. Pensem se terá como assumir esses compromissos e mais, se fará bem feito, tirando proveito de todas as oportunidades apresentadas.

Vou aplicar o conhecimento adquirido?

Esse curso que escolhi será útil? Assim que finalizar eu já poderei aplicar os novos conhecimentos na minha clínica? Ou se escolhi fazer um mestrado ou doutorado, eu planejo ministrar aulas e cursos?

Não adianta finalizar um curso maravilhoso de microscopia e não poder utilizar pois não poderá adquirir o equipamento tão cedo.

Quais são as instituições de renome na minha área de interesse?

Devemos buscar por cursos reconhecidos, com boas referências. Pergunte para vários colegas, pesquise nos sites dos conselhos regionais.

Não existe nada mais frustrante do que frequentar um curso de qualidade ruim, ou ter um diploma sem validade ou reconhecimento dos órgãos de classe.

Quais são as próximas tendências no meu campo de atuação?

Estar atendo as novidades da odontologia, pesquisar os “cases” de sucesso, o que o mercado está exigindo dos dentistas é pensar grande. Você pode escolher melhor tendo estas informações em mãos.

Novas especialidades, dentistas em UTI, expectativa de vida, aumento do estresse. Pense nisso para ajudar na sua escolha.

Respondendo estas simples perguntas, a probabilidade de você acertar na sua escolha com certeza será muito maior.

 

 

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.