Dentista: a melhor profissão de 2017

Dentista: a melhor profissão de 2017
Compartilhar | Comentar

Segundo um tradicional levantamento feito anualmente pelo conglomerado US News & World Report, a profissão de dentista foi a melhor de 2017 – pelo menos nos Estados Unidos. Considerando aspectos como vida profissional, perspectiva de crescimento e remuneração, a publicação numerou as 100 ocupações que mais se destacaram nesses quesitos no ano passado. Das 100 listadas, 52 pertencem à área da saúde – e destas, sete são do ramo odontológico.

De acordo com o estudo, o dentista norte-americano possui o melhor emprego em seu país. Em segundo e terceiro lugar, figuram as ocupações de enfermeira e assistente médico, respectivamente. Na quinta posição está a profissão de ortodontista e, em nono, a de cirurgião bucomaxilofacial.

A realidade do dentista americano

Nos Estados Unidos, calcula-se que um dentista fature, em média, quase 153 mil dólares por ano (aproximadamente 490 mil reais). Os que possuem os melhores rendimentos recebem mais de 187 mil dólares anuais (ou 598 mil reais) e os que menos faturam ganham pouco mais de 68 mil dólares (quase 218 mil reais por ano). Lá, a expectativa quanto ao crescimento da profissão também é empolgante: até 2024, estima-se que surgirão mais de 23 mil novos postos de trabalho para dentistas com as mais diversas especialidades.

O futuro da profissão

As previsões otimistas estão ligadas sobretudo ao contínuo envelhecimento dos norte-americanos – explicada por uma expectativa de vida que ultrapassa 78 anos – e a uma procura cada vez maior por serviços de restauração dentária, fruto da assimilação da importância da saúde bucal pela população. Juntos, espera-se que esses fatores impulsionem também o crescimento da indústria odontológica como um todo e o surgimento de novas vagas para secretárias e assistentes de consultório.

No Brasil, um estudo realizado em 2016 pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) – menos amplo do que o da US News e que levou em conta apenas aspectos mais numéricos, como remuneração e taxa de emprego – revelou que a profissão de dentista era a segunda mais rentável no país, ficando atrás apenas da de médico. Por aqui, estima-se que um dentista receba aproximadamente 6 mil reais por mês, o que totaliza quase 72 mil em um ano.

Para listar as 100 melhores profissões de 2017, o US News & World Report também avaliou tópicos mais subjetivos, como níveis de estresse ligados ao trabalho e a harmonia entre vida profissional e pessoal oferecida por cada ocupação. Os dados que serviram de ponto de partida para a análise foram disponibilizados pela Secretaria de Estatísticas Trabalhistas dos EUA.

Fonte: Dental PressGuia do Estudante

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.