Odontologia do Esporte

O que vimos no 2º Congresso de Odontologia do Esporte

O que vimos no 2º Congresso de Odontologia do Esporte
Compartilhar | Comentar

Há poucos meses aconteceu o 2º Congresso Internacional de Odontologia do Esporte, na APCD em São Paulo. Foram dois dias incríveis, onde professores renomados falaram sobre diversos temas ligados a especialidade, em destaque palestras do cirurgião-dentista canadense, Patrick Girouard.

Falamos sobre:

– Saúde bucal e sua relação com a saúde geral e desempenho esportivo;

– Proteção e performance;

– Relação DTM x Atletas de alto rendimento;

– Concussões nos esportes;

– Postura de cabeça e pescoço na biodinâmica do atleta;

– Evolução da odontologia do esporte no Canadá;

– Oclusão dentária e posturologia.

Painéis

Na categoria painel, cerca de 50 trabalhos científicos foram expostos, um número crescente perto da primeira edição do congresso realizado no ano de 2015. Na época, eu acompanhava o time de futebol americano do Santos Tsunami e realizei dois banners em paralelo sobre desempenho esportivo, um em relação à saúde bucal (2015) e outro apresentado no congresso desse ano com o título “Uso de protetores bucais em atletas de Futebol Americano: estudo preliminar” onde qualifiquei e quantifiquei a qualidade dos protetores, seus cuidados com a higiene, e fatores negativos ao desempenho dos atletas.

Neste painel que teve colaboração da colega Andrea Barros Tolentino e da doutora Neide Pena Coto, me rendeu uma das premiações da comissão avaliadora de painéis, além do livro “Reabilitação Protética Craniomaxilofacial” presenteado pela comissão organizadora.

Odontologia Digital

Falamos também sobre a odontologia digital aplicada a área da posturologia, onde o diagnóstico e o tratamento são realizados através da mensuração digital dos toques dentários em relação a postura do atleta, a biomecânica do atleta e sua repercussão na postura de cabeça e pescoço, a disfunção da ATM e sua relação com os atletas de alto desempenho, discussões envolta do uso do protetor bucal e a performance dos atletas, de como a respiração bucal pode afetar bruscamente o desempenho esportivo, das práticas aplicadas a concussões no esporte, a evolução da odontologia do esporte no mundo, entre outros demais assuntos.

Debates

Após as palestras abre-se um espaço para debates onde os convidados ganham a chance de fazerem perguntas e questionamentos em relação ao tema abordado, transformando o assunto em uma experiência real de aprendizado.

No geral, podemos dizer que o Congresso Internacional de Odontologia do Esporte atrai cada ano que passa um maior público a essa nova especialidade e consequentemente ao evento que, com assuntos distintos, ampla experiência de convidados nacionais e internacionais e com a presença da Academia Brasileira de Odontologia do Esporte sua diretoria e respectivos membros, faz com que o visitante saia com uma nova visão da especialidade e ideias de pesquisas.

Quer aprofundar mais os seus conhecimentos em Odontologia do Esporte? Não perca o próximo, pois eventos dessa magnitude trazem diversos benefícios aos cirurgiões-dentistas que pretendem se dedicar a área esportiva, com conhecimentos atualizados em relação a todos os segmentos da área, possibilidade de apresentação de trabalhos e contatos.

Você pode encontrar maiores informações no site do congresso que terá a sua próxima edição em 2019.

Nos vemos lá!

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.