Dicas

Por que o cirurgião-dentista não pode dar uma olhadinha?

Por que o cirurgião-dentista não pode dar uma olhadinha?
Compartilhar | Comentar

Nós, brasileiros, tendemos a achar tudo muito simples. Somos experts em dar solução aos problemas como em um passe de mágica. E será mesmo que quando consultamos um profissional da saúde é possível que ele só dê uma olhadinha? A vida tão corrida que levamos hoje, a ansiedade que afeta boa parte da população, é o que nos leva a querer tudo para ontem. E quando o que, a nosso ver, precisa acontecer e não acontece no momento que queremos, ficamos irritados e tremendamente decepcionados.

Talvez seja uma vida ultrafast a que levamos hoje. Está certo, o tempo não para! Mas nem tudo pode acontecer para ontem. Com as consultas odontológicas, precisamos entender que uma “olhadinha” não faz o diagnóstico de nada. Uma boa consulta leva certo tempo. A consulta acontece, às exceções das emergências, com o que chamamos de anamnese. Anamnese é o fato de o profissional tomar ciência dos hábitos de vida, do histórico médico, odontológico. É saber, por exemplo, quando foi que aquilo começou a incomodar, se é que tem algo incomodando. Saber qual a medicação que está sendo administrada, se informar sobre alguma reação alérgica… Enfim, sem anamnese não podemos concluir um diagnóstico.

Somente após a amamnese, aí sim que será realizada a inspeção visual da cavidade oral do paciente, detalhe por detalhe, não passando despercebido nenhuma estrutura oral que seja. Eu sei que muita gente pensa que o cirurgião-dentista só olha os dentes e gengivas, mas isso não é verdade. A cavidade bucal tem muito mais estruturas do que possa imaginar. E cada detalhe fica registrado no nosso prontuário, por meio de fotografias e anotações que permanecerão para comparações nas próximas consultas.

E na maioria das vezes apenas o exame clínico não é o suficiente, sendo necessário somar exames radiográficos e laboratoriais. Sendo assim, muitas vezes, não se chega ao diagnóstico já na primeira consulta. Às vezes é preciso até mais do que duas consultas e do parecer de uma equipe que se formou para planejar a adequação da sua saúde.

É, não é nada simples! Então, vamos parar com essa mania de achar que cirurgião-dentista tem bola de cristal ou que vá fazer mágica em apenas 5 minutos. Instantâneo é só aquele macarrão que só faz mal à a saúde. Ou você já viu por aí algum anúncio de “Odontologia Express”?

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.