Dicas

Capriche na saúde bucal e pule as cáries nesta festa junina

Capriche na saúde bucal e pule as cáries nesta festa junina
Compartilhar | Comentar

As festas de junho chegaram e, com elas, a precaução deve ser redobrada. Nesta época, tradicionalmente no fim do mês, comemoramos a festa de São João, também conhecida popularmente como festa junina. Em muitas ocasiões, a festa acaba sendo estendida e comemorada em julho, sendo chamada de festa julina ou juliana. A tradição é seguida com seriedade por todo nosso país, seja em escolas, festas de comunidades, igrejas, festas familiares e até mesmo muitas empresas entram nesta onda comemorativa, inclusive ainda é comemorada em vários lugares do mundo, salve as diferenças culturais.

No entanto, nem tudo vira motivo de comemoração, toda a culinária envolvida é um enorme motivo para ficar preocupado. A quantidade de doces e açúcares consumidos geralmente são extrapoladas e a higienização pós consumo, se não for bem feita, pode acarretar em cáries e diversos outros problemas bucais.

Pior mesmo que a quantidade, é a frequência de consumo. Os açúcares e amidos contidos em bolachas, biscoitos, doces, frutas secas, refrigerantes e batata frita, por exemplo, combinam-se com a placa bacteriana e produzem substâncias ácidas que atacam o esmalte do dente, podendo ocorrer a rápida perda de dos seus minerais. Quando isso ocorre, a pessoa fica mais suscetível à cárie.

O ideal para evitar que a boca seja uma morada confortável para bactérias, sempre que ingerir açúcar, é a prática de escovar os dentes. Por isso não deixe de orientar seus pacientes com estes cuidados pois a higiene bucal é o melhor meio de prevenir problemas odontológicos.

Paciência 
Além da utilização de escova e fio dental, o momento em que se escova os dentes também é importante. Uma dieta equilibrada e com pouca quantidade de açúcar não requer uma escovação imediata. O ideal é esperar a saliva exercer sua função de elevar o pH oral – de 30 minutos a duas horas. “Com o pH da boca estabilizado, evita-se a abrasão provocada pela escovação em um momento em que o dente está submetido a um processo de desmineralização provocado pela acidez do alimento”, explica o especialista e cirurgião-dentista Hugo Lewgoy.

Gostoso, mas perigoso 
Atenção também para os alimentos açucarados, ácidos e muito duros. “Os famosos pé de moleque e rapadura têm um potencial maior de causar problemas, pois, além da presença da sacarose, podem provocar a fratura dental”, afirma.

Deixando de lado os vilões para falar dos mocinhos, o consumo de alimentos com nutrientes que contribuem para a formação e manutenção da saúde oral são importantes para o organismo em geral e para a formação da estrutura dos dentes. “Temos que ter uma alimentação equilibrada em todos os grupos alimentares, principalmente aqueles com micronutrientes de que a saúde bucal necessita, como vitamina C, cálcio, magnésio, fósforo e flúor, além da vitamina D que, junto com o magnésio, ajuda na fixação do cálcio”, diz a nutricionista funcional, Christiane Vitola.

Lembre sempre de alertar seus pacientes com a importância destes cuidados em datas especiais, assim, nenhuma festa é interrompida e a diversão é garantida. Boas festas!

Fonte: Terra, Saúde no ArSua Pesquisa

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.