Especial

Resolução CFO: o antes e depois de tratamentos odontológicos foi liberado?

Resolução CFO: o antes e depois de tratamentos odontológicos foi liberado?
Compartilhar | Comentar

Foi divulgado recentemente a nova resolução do CFO (196/ 2019), que libera as imagens do marketing, para publicações comparativas entre o antes e o depois do tratamento odontológico. Mas será que esse assunto foi validado pela Odontologia Legal?

No dia seguinte à publicação desta resolução, começou a rodar entre os dentistas o vídeo do advogado Marcos Coltri – especialista em direito odontológico. Nas redes sociais ele declarou que a resolução não teria efeito jurídico, “por não ter tido a participação de todos os Conselhos Regionais de Odontologia nesta decisão, conforme a lei e procedimento interno do próprio CFO”.

Esclarecendo a resolução do CFO

Como surgiram muitas dúvidas sobre esse assunto, eu e o Dr. Luiz Rodolfo do perfil @dicasodonto (que inclusive, escreveu em detalhes sobre a resolução do CFO, CLIQUE AQUI para ler) fomos convidados pela @dentalcremer a discutir o assunto dentro do Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo (CIOSP), o maior congresso odontológico do mundo, que aconteceu de 30 de janeiro a 02 de fevereiro.

O que precisa ficar claro é que as imagens antes e depois são uma importante ferramenta para nos ajudar a mostrar o nosso trabalho ao público. Porém, elas não são a única opção, e nós não devemos nos prender tanto à elas. Até mesmo porque, nem o Facebook nos permite patrocinar posts com esse tipo de imagem. O que isso significa? De acordo com as regras de publicidade do Facebook, não podemos pagar para “impulsionar” posts que contenham imagens de antes e depois.

Existem outras formas de gerar valor para as pessoas nas nossas redes sociais profissionais. O marketing digital tem um foco muito grande na criação de conteúdo para fortalecer o relacionamento com o público. Dessa forma, ajudando as pessoas com informações. No nosso caso, sobre saúde bucal, e a respeito de tratamentos e procedimentos odontológicos.

As pessoas estão nas redes sociais por 3 motivos: para se relacionar, se informar e se entreter. Se nós oferecermos informação e relacionamento ao nosso público, estaremos gerando valor para eles, com ou sem antes e depois.

E mesmo que liberado, precisamos usar essas imagens para elevar a nossa profissão aos olhos dos pacientes. Contudo, ter bom senso e sabedoria para usar esse tipo de imagem a nosso favor e principalmente à favor dos nossos pacientes.

Quer ver como foi esse bate-papo? Então dá o play.

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.