Odontopediatria

Teste da Linguinha em bebês: você já ouviu falar?

Teste da Linguinha em bebês: você já ouviu falar?
Compartilhar | Comentar

O teste da linguinha é um exame padronizado que possibilita diagnosticar e indicar o tratamento precoce das limitações dos movimentos da língua causadas pela língua presa que podem comprometer as funções exercidas pela língua: sugar, engolir, mastigar e falar.

O protocolo de avaliação do frênulo da língua em bebês “Teste da Linguinha” como já conhecemos, foi desenvolvido pela Fonoaudióloga Roberta Lopes de Castro Martinelli. Foi apresentado como Projeto de Lei no 4.832/12 de autoria do Deputado Federal Onofre Santo Agostini, que obriga a realização do protocolo de avaliação de frênulo da língua em bebes, em todos os hospitais e maternidades do Brasil.

A anatomia do frênulo lingual é pouco descrito na literatura, porém, alguns trabalhos mostram que, no recém-nascido, o frênulo lingual pode de posicionar no ápice da língua até a base do rebordo alveolar da mandíbula, tomando uma posição mais central a medida que ocorre o crescimento ósseo. O posicionamento permite a movimentação livre da língua, porém, em alguns casos, a membrana se torna mais espessa e curta, e a ponta da língua fica presa, determinando anquiloglossia.

Anquiloglossia

A anquiloglossia nada mais é que a língua presa, popularmente dita, que pode ser descrita com a presença de freio sublingual causando alteração na aparência ou na função da língua. O freio e mais curto, inelástico e mais grosso. Posicionado a ponta da língua ou próximo a crista alveolar.

Essa anomalia oral congênita, pode acarretar restrições na mobilidade da língua em graus muito variados, podendo interferir nas diversas funções orais, como por exemplo:

  • Deglutição;
  • Sucção;
  • Fala.

Estudos recentes têm relacionada dificuldades no aleitamento materno com a presença da língua presa nas crianças.

Um grupo de pesquisadores avaliaram a cavidade bucal de 71 recém-nascidos, no primeiro, sexto e decimo segundo mês de vida dos bebês, e observaram que 22,5% das crianças foram diagnosticas com alteração de frênulo, e encaminhadas para frenotomia.

Protocolo de Avaliação do Frênulo Lingual

O Teste da Linguinha é realizado por meio da aplicação do Protocolo de Avaliação do Frênulo Lingual com escores para bebês, que são executados por profissionais habilitados, e que tenham treinamento técnico adequado para a triagem, diagnóstico e tratamento.

O protocolo é constituído por três partes: história clínica, avaliação anatomofuncional e avaliação da sucção nutritiva e não nutritiva. Cada etapa do protocolo possui pontuações independentes, podendo ser aplicado em partes a criança.

A cirurgia pode ser realizada por médicos e cirurgiões-dentistas, e os procedimentos realizados podem ser:

Frenuloplastia: é feito um reposicionamento cirúrgico do frênulo;

Frenectomia: é uma remoção total do frênulo lingual, realizando o corte e a divulsão do frênulo, sendo o mais indicado para bebês.

Quer saber mais sobre este procedimento? Deixe aqui nos comentários as suas dúvidas.

Até a próxima!

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.