Dicas

Você já ouviu falar em Actigrafia?

Você já ouviu falar em Actigrafia?
Compartilhar | Comentar

A Actigrafia é uma técnica utilizada para avaliar a atividade orgânica de uma pessoa por um longo período de tempo.

O actígrafo pode registrar e enviar dados clínicos com a finalidade de avaliar o diagnóstico de uma pessoa com suspeita de distúrbio do sono.

A actimetria pode mostrar quando uma pessoa acorda e quão ativa a pessoa é durante a noite de sono. Um local comum para a colocação do sensor está no pulso, onde pode ser usada como um relógio. Normalmente, o paciente usa o dispositivo na mão não-dominante. As pessoas também podem usar o dispositivo em sua perna ou em torno da cintura, dependendo da razão para o estudo e as suas necessidades.

A vantagem da actigrafia é o seu baixo custo e a monitorização de várias noites de sono, o que amplia um diagnóstico comparativo das noites de sono.

Vale lembrar que ainda o padrão-ouro para o diagnóstico dos distúrbios do sono continua sendo a polissonografia, porém, na inviabilidade do uso deste sistema-ouro, temos um segundo meio de diagnóstico ou um complemento para diagnóstico.

O exame de actigrafia pode ser utilizado por profissionais envolvidos no tratamento dos distúrbios do sono, tais como: médicos, odontólogos, fonoaudiólogos e fisioterapeutas, podendo também ser utilizado para o acompanhamento pós-diagnóstico e durante o tratamento de controle de distúrbios do sono com o uso de cpap, bipap ou dispositivo intra-oral. Neste caso, o profissional terá uma maneira eficaz de avaliar os parâmetros do sono e os efeitos diretos com o uso do dispositivo indicado.

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.