A utilização das mídias sociais pelo brasileiro

Com o grande avanço tecnológico e do aparente aumento do acesso à internet pelas pessoas, você deve imaginar que quase todo brasileiro, atualmente, tem acesso às mídias sociais, não é verdade? Pois a resposta é: não.

De acordo com as mais recentes informações sobre o consumo de mídias pelo povo brasileiro, quando se fala de internet temos uma grande surpresa frente aos dados que ainda mostram que a maioria dos brasileiros não possui acesso à rede mundial de computadores.

A Pesquisa brasileira de mídia (Brasil, 2015) diz que mais da metade dos brasileiros (51%) ainda não utiliza a internet e, consequentemente, as mídias sociais. Os dados também mostram que, entre os que acessam a internet, cerca de 76% acessam a rede todos os dias.

Quem é que mais acessa a internet?

A pesquisa mostra que 65% dos jovens com até 25 anos acessam a internet todos os dias e, entre os que têm acima de 65 anos, esse percentual cai para apenas 4% (1% a mais do que a pesquisa do ano passado).

Quem acessa a internet é quem possui melhor condição financeira?

A resposta é sim. O acesso e o uso são maiores nos grandes centros urbanos e pelas famílias que possuem maior renda.

 Entre os entrevistados com renda familiar mensal de até um salário mínimo (R$ 724), a proporção dos que acessam a internet pelo menos uma vez por semana é de 20%. Já quando a renda familiar é superior a cinco salários mínimos (R$ 3.620 ou mais), esta proporção sobe para 76%.

Qual a rede social mais utilizado?

Sim, o Whatsapp está entre eles, mas ainda não lidera esta lista. Os resultados mostram que, entre as redes sociais e os programas de trocas de mensagens instantâneas mais usados, o primeiro, ainda isolado, é o Facebook (83%), em seguida temos o Whatsapp (58%), o Youtube (17%), o Instagram (12%) e o Google+ (8%).

>>>Leia mais: Instagram ou Facebook: qual a melhor rede social para divulgar seu consultório?

Você deve estar se perguntando, onde está o Twitter nesta lista?

O Twitter, popular entre as elites políticas e formadores de opinião, foi mencionado apenas por 5% dos entrevistados desta pesquisa.

Um outro dado obtido muito interessante relacionado à internet foi sobre as razões pelas quais os usuários utilizam a mesma. Empatadas com 67% em primeiro lugar estão “para me divertir” e “para me informar”. Em terceiro lugar está “para passar o tempo” com 38% e, em seguida, “para estudar” com 24%.

O Brasil ainda está passando por uma grande mudança relacionada ao acesso à internet e às mídias sociais. Não tão rápida quanto imaginamos, mas progressiva e com vistas de maior velocidade a longo prazo.

Com este artigo do nosso colunista, deixamos a sugestão para o profissional de ortodontia, utilizar mais este meio como forma de estreitar o relacionamento com o seu paciente e público do consultório. Conquistar e fidelizar clientes ultrapassa o bom atendimento e pode ter na internet um forte aliado.

>>> Leia mais: Dentista, saiba o que NÃO postar nas redes sociais

 

✍️ Deixe seu comentário

📢 Compartilhe com os amigos

🕵 Siga nossas redes:

➡ Facebook

➡ Instagram

➡ Twitter

➡ Pinterest

➡ TikTok

Acesse nossa Loja Virtual e encontre a solução completa para você na Odontologia!

Comentários

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *