Ortodontia

Aparelho ortodôntico ou lentes de contato?

Aparelho ortodôntico ou lentes de contato?
Compartilhar | Comentar

Na era da ortodontia digital, é muito comum vermos por ai casos maravilhosos, transformações de sorrisos, tudo muito bonito e bem indicado. Será? Como nem tudo que reluz é ouro, na nossa profissão não poderia ser diferente. Valorizar o belo ou valorizar o natural, eis a questão. O belo deve ser natural, mas nem sempre é assim: o nosso papel, como promotor de saúde, é saber identificar e realizar o melhor tratamento para os nossos pacientes. O caso que vou apresentar, é um exemplo de tratamento ortodôntico aliado a outros procedimentos para devolver a beleza natural do sorriso.

Descrição do caso

Paciente A.S., fumante, com doença periodontal, estética dentária insatisfatória e tomador assíduo de chimarrão. O paciente me procurou para resolver sua queixa principal: “melhorar o sorriso”. Pois bem, tarefa simples! Basta colocar facetas, coroas e lentes de contato em todos os dentes e ta resolvido! Ta certo? Não, pois tenho condições de deixar o natural, belo!

Tratamento ortodôntico aliado a outros procedimentos

O paciente foi encaminhado para tratamento periodontal (primeiro passo – bem como controle trimestral). Após apresentar as opções de tratamento para o paciente, optamos pelo aparelho de safira da Orthometric (quando me perguntam qual aparelho estético eu uso, resposta na ponta da língua).

Na minha opinião, quando me refiro à bráquetes estéticos, a melhor resina é a transbond plus. Devido a sua coloração rosa, a visualização no bráquete é facilitada e após a polimerização, sua cor fica tradicional (a2).

Evolução do tratamento ortodôntico

Conforme citei no início, o paciente é fumante e costuma tomar muito chimarrão (bebida tradicional que pigmenta muito os dentes). Nesse caso, foi utilizado o melhor elástico transparente! Porém, o manchamento vai acontecer já que o paciente possui hábitos que contribuem com isso. Em tempo: não uso elástico transparente e sim, o elástico azulado, como o Pearl Blue.


Apesar dos hábitos do paciente, seu comprometimento e acompanhamento com periodontista eram seguidos à risca. Será que esse papel é apenas do paciente? Lógico que não!

Faz parte do nosso trabalho motivar o paciente, mostrar os resultados, tirar fotografias durante o tratamento e mostrar a evolução. É do ser humano se acomodar, com o sorriso não seria diferente. Provavelmente o paciente não se lembrará do sorriso “antigo” que tinha.  Isso só seria possível se o paciente visse suas fotos antigas. Porém, é muito melhor se forem fotos padronizadas e de boa qualidade, não é?

Resultado final do tratamento ortodôntico combinado

Vinte meses se passaram e chegamos ao final do tratamento. Como todo paciente periodontal ou com mordida aberta (no caso, as duas situações), optamos por contenções fixas 3×3 em ambos os arcos.

Foram removidas as resinas, usadas brocas específicas e finalizadas em baixa rotação com borrachas abrasivas para manter a integridade do esmalte. Por fim, a cereja do bolo: um clareamento e pequenas restaurações estéticas nas incisais dos incisivos centrais (desgaste por abrasão pela bomba do chimarrão).


A conclusão que podemos chegar é exatamente a discussão inicial: vamos manter o natural e torna-lo belo? Ao olhar a foto final, comparar o sorriso inicial e final, não é demais?! E o melhor de tudo: foi realizado através de um sorriso maravilhosamente n-a-t-u-r-a-l.




Autor:

Dr. Gustavo Ciccone
Mestrando em Ortodontia pela Faculdade São Leopoldo Mandic
Especialista em Ortodontia pela São Leopoldo Mandic
Atualização em Ortodontia Preventiva e Interceptativa pela ABO-RS
Ortodontia Avançada pela Dental Press, Maringá
Credenciado no sistema de alinhadores Invisalign e demais empresas;
Credenciamento em Ortodontia Lingual
Professor curso especialização Ortodontia da rede IOA (Porto Alegre)

caso clínico tratamento ortodôntico

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.