Casos Clínicos

Caso clínico: regeneração óssea com lâmina de titânio

Caso clínico: regeneração óssea com lâmina de titânio
Compartilhar | Comentar

Conforme você viu na primeira parte do artigo sobre regeneração óssea, nesse texto você vai conferir um caso clínico do procedimento utilizando lâmina de titânio como material.

Descrição do caso

Paciente BLC, gênero masculino, 30 anos de idade, tratado ortodonticamente. Compareceu ao consultório com queixa de estética e desejando realizar implante dental para a reabilitação do caso.

Exame prévio da regeneração óssea

Em anamnese, nenhum desvio de base foi relatado. Em exame clínico e radiográfico foi constatada raiz residual do elemento 24 (Figura 1). O paciente foi pré-medicado com 2g de Amoxicilina e 4mg de Dexametasona, 1 hora antes do procedimento cirúrgico.

Figura 1: Radiografia Inicial

 

Planejamento clínico da regeneração óssea

O planejamento clínico com tratamento estagiado e proteção alveolar com a folha laminada de titânio Surgitime Seal foi explanado à paciente que, concordante com o procedimento, assinou o termo de consentimento livre esclarecido. Com isso, deu-se continuidade ao tratamento proposto.

Procedeu-se à antissepsia extraoral com clorexidina 2% e passou-se para anestesia com solução de mepivacaína 2%, associada à corbadrina 1:20.000 (DFL – Rio de Janeiro/RJ). Aplicada com injeção infiltrativa local no fundo de sulco vestibular e local na lingual para promoção de silêncio operatório.

Em seguida, foi realizada uma incisão intrassulcular ao redor da raiz residual do elemento dental, luxação e remoção da raiz dental  (Figura 2).

Figura 2: Exodontia da raiz

A lâmina foi então recortada e posicionada por adaptação com leve pressão, sem necessidade de fixação (Figuras 3).

Figura 3: Lamina posicionada

Suturas foram realizadas buscando a máxima coaptação dos bordos (Figura 4).

Figura 4: Sutura finalizada

Aos dez dias de pós-operatório, foram removidas a sutura e a lâmina de titânio. Observou-se a formação de tecido organizado. Acompanhamentos quinzenais foram realizados e após 70 dias (Figura 5).

Figura 5: Aspecto clínico após 70 dias

A paciente foi então pré-medicada seguindo o mesmo protocolo anterior.

Deu-se sequência à instrumentação do alvéolo dental sugerida para a instalação do implante Biomorse XP 4,0X13 mm com a passagem de brocas, lança de 2,0 mm, helicoidal de 2,4 mm, cônica de 2,8 mm, cônica de 3,2 mm e finalizando com a cônica de 3,6 mm.

O implante foi instalado inicialmente com contra ângulo, com torque de 45N colocando-se abaixo da crista óssea 1 mm. Passou-se ao vedamento do implante com o tapa implante e sutura (Figura 6, 7 e 8).

Pós-operatório da regeneração óssea com lâmina de titânio

Acompanhamentos pós-cirúrgicos foram realizados, iniciando com a remoção de sutura aos 14 dias. Após 30 dias, o pós-operatório mostrou-se satisfatório e o sítio implantado apresentou-se com aspecto normal, sem evidências de processo inflamatório ou deiscências (Figura 9).

Figura 9: Pós-operatório de 30 dias

Foi finalizada a reabilitação com a confecção da prótese dentária (Figura 10).

Figura 10: Instalação da Prótese dentária

Considerações finais 

A laminada de titânio, por ser uma folha maleável de fácil manipulação e adaptação tem a função de proteger o coágulo sanguíneo da invasão das estruturas não osteogênicas e direcioná-lo, prevenindo sua distorção pela pressão dos tecidos adjacentes.

Os procedimentos de aumento ósseo com ROG podem ser realizados para aumento da largura da crista alveolar, o que permite a colocação de implantes em locais onde necessitava regeneração óssea.

Autoras:

Ana Paula Moro Quinteiro​
Diretora da Empresa Dra Chica
Cirurgiã Dentista /CRO: 23956-MG (Unifenas)
Residente em CTBMF Unifenas
Especialista em Implantodontia Facsete
Mestra em Implantodontia São Leopoldo Mandic
Renata Gracianne Lopes de Queiroz
Cirurgiã Dentista/ CRO:  (UNIFOR)
Especialista em: Ortodontia  (ABO)
Especialista em Implantodontia (ICEO)
Mestra em Implantodontia  São Leopoldo Mandic

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.