Como escolher um scanner intraoral

As novas tecnologias e inovações tem agregado muito valor e informação a odontologia, entre elas o destaque é o scanner intraoral. Ele é capaz de capturar imagens e reproduzi-las em arquivos 3D que podem ser utilizados em diversos softwares: para a confecção de próteses, aparelhos, simular cirurgias, realizar medidas precisas, enfim, possuem informações e ferramentas que tornam o trabalho mais rápido, confortável e preciso.

Mas entre as diversas opções do mercado qual escolher? O que considerar nessa escolha… É uma decisão que deve ser embasada na utilização do scanner, devido seu custo ele não deve ser subutilizado, então as ferramentas que ele possui devem contemplar a sua especialidade e seu uso, mas para isso você precisa conhecer um pouco as possíveis ferramentas e as necessidades digitais da sua especialidade, por exemplo, de forma geral a Ortodontia não precisa de refinamento de malha para produção digital, logo um scanner mais simples atende as expectativas de uma clínica ortodôntica.

>>>Leia mais: Por que você deve se tornar adepto a odontologia digital

Alguns scanners têm ferramentas que tornam a leitura de preparo protético e término mais precisas, além de permitirem uma leitura em profundidade para preparos sub gengivais, tem a capacidade de realizar tomada de cor, desenhar sobre a imagem “scaneada” o término real, medir o espaço protético do preparo e a direção de inserção da peça protética, estas ferramentas estão direcionadas a Prótese Dentária.

Como o scanner intraoral pode ajudar em outras especialidades

Entretanto algumas ferramentas podem agregar muito a várias especialidades, no caso por exemplo da possibilidade de sobrepor escaneamentos, você consegue monitorar a movimentação dentaria, o crescimento de uma lesão, o desenvolvimento dentário de uma criança, o volume obtido em um enxerto, ou mesmo a cicatrização de uma extração dentaria.


Fale com a gente

e seja um cirurgião-dentista adepto à odontologia digital!

Campos obrigatórios não preenchidos

Outras ferramentas fazem o desenho do sorriso numa simulação de reabilitação com facetas, outras simulam o tratamento ortodôntico mostrando uma provável posição final, outras permitem a sobreposição com arquivos de fotos ou tomografias.

>>>Leia mais: 7 motivos para investir em um scanner intraoral

Laboratórios, radiologias, clínicas que possuem várias especialidades ou mesmo o clinico que quer se destacar e diferenciar neste mercado tão competitivo precisam entender que scanner intraoral, não é somente para “substituir a moldagem com a massinha desconfortável”, ele é um equipamento que pode agilizar e muito a rotina clínica, reduzir custos, transformar o perfil do seu negócio e aumentar seu lucro. Enfim as possibilidades são infinitas e os valores também. O foco deve ser mantido na sua necessidade, e o preço vai caminhar junto a esta opção.

Sobre a autora

Dra. Cibele Kintopp | @kintoppcibele

Graduada em Odontologia pela Universidade Federal do Paraná;
Especialista em Prótese Dentária;
Mestre e Doutora em Odontologia Clínica;
Especialista de Produtos da Dental Cremer Experience;
Protesista no Centro de Atenção Integral ao Paciente Fissurado – CAIF no Hospital do Trabalhador, em Curitiba;
Dentista proprietária da clínica ClíniKOS, também em Curitiba.

✍️ Deixe seu comentário

📢 Compartilhe com os amigos

🕵 Siga nossas redes:

 Facebook

 Instagram

 Twitter

 Pinterest

 TikTok

Youtube

Ouça nosso Podcast

 

Acesse nossa Loja Virtual e encontre a solução completa para você na Odontologia!

Comentários

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.