Implante dentário: cuidados pós-cirúrgicos

Sabemos que o sucesso das nossas cirurgias de implante dentário depende de vários fatores. Os cuidados pós-operatórios e o acompanhamento pós-cirúrgico são de extrema importância para entendermos o que está acontecendo nesta fase crucial. Dessa maneira, os sinais e sintomas após a cirurgia podem orientar nossa conduta e, inclusive, mudar nosso plano de tratamento.

Todos os cuidados que passamos para os pacientes, visam minimizar o trauma, controlar o edema e a dor, prevenir infecção e favorecer a evolução da ferida cirúrgica para normalização da função da região operada.

Confira um exemplo de documento com orientações pós-operatórias específicas para cirurgias de implantes dentários:

Guia pós-operatório em Implantodontia

O não seguimento das orientações abaixo pode comprometer o resultado da cirurgia. Havendo qualquer dúvida entre em contato com o cirurgião dentista.

  • Guardar repouso por pelo menos 48h
  • Dieta líquida e pastosa mais gelada ou temperatura ambiente nas primeiras 48h
  • Evitar mastigação na região operada até a retirada dos pontos
  • Evitar exposição ao sol e exercícios físicos intensos ou de impacto
  • Fazer compressas de gelo por 10 a 15 minutos com 30 minutos de intervalo nas primeiras 24h
  • Fazer bochecho com clorexidina a 0,12%, 2 vezes ao dia, manhã e noite
  • Limpar a região dos pontos levemente com cotonete e gel de clorexidina 0,2%
  • Manter a escovação dos outros dentes e o fio dental com frequência diária
  • Tomar todas as medicações nos horários determinados
  • Em caso de inchaço, febre, dor forte ou sangramento entrar em contato imediatamente

Obviamente, quando falamos de implante dentário, temos desde uma cirurgia com implante unitário até grandes cirurgias de protocolos com instalação de 6 ou mais implantes. Portanto, as orientações serão direcionadas para cada caso. Além disso, os cuidados devem ser redobrados caso você tenha realizado algum procedimento com enxerto ósseo.

Dicas que você deve adotar

De antemão, já posso dizer para vocês que o pós-operatório pode ser utilizado também como uma ferramenta de marketing para seu consultório ou clínica. Mas como? É possível entregar bolsinhas de gelo personalizadas reutilizáveis com sua marca.

Outra dica é esclarecer o paciente com essas orientações na consulta anterior a cirurgia e reforçar logo antes do procedimento, entregando a folha de orientações em mãos. Desse modo, se você deixar para depois, quando o paciente está anestesiado e cansado, isso pode diminuir sua atenção para entender as orientações e tirar eventuais dúvidas.

Hoje em dia, ainda podemos deixar uma imagem ou arquivo em PDF pronto e enviar via Whatsapp para os pacientes.

Existem inúmeras ferramentas que podem dirimir os efeitos do pós-cirúrgico, sendo a mais fácil e comum a utilização de gelo. O recomendado pela maioria dos autores é utilizar a bolsa de gelo por 10 ou 15 minutos, com intervalos de 30 minutos a uma hora nas primeiras horas após o procedimento ou nas primeiras 24 horas. Além disso, pode-se utilizar o Laser de baixa potência para aumentar o conforto dos pacientes e agregar mais valor ainda aos seus tratamentos.

Atualmente, em tempos que as pessoas buscam soluções mais rápidas e eficazes, é de suma importância deixarmos “a biologia trabalhar”. Mesmo que alguns pacientes queiram resultados “para ontem”, precisamos dar o tempo correto para os tecidos cicatrizarem e acompanhar essa fase de pós-operatório bem de perto. Enfatizar isso aos nossos pacientes é fundamental.

Leia mais: o que esperar das urgências em Implantodontia

Comentários

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *