O que os Implantodontistas precisam ter em seu consultório

Os Implantodontistas vivem fortes emoções. Seja nas cirurgias ou seja nas próteses, o dentista que se propõe a realizar implantes dentários precisa estar sempre muito preparado. Não só munido de todo conhecimento, estudo e planejamento de cada caso, mas também com uma gama de produtos para implantodontia e instrumentais que podem fazer a diferença entre o sucesso e o insucesso dos casos.

Você obviamente se lembra da sua faculdade de odontologia, mais especificamente, quero puxar uma memória das clínicas de cirurgia. Montávamos aquela bandeja cheia de materiais pesados e tilintantes e, às vezes, não precisávamos utilizar tudo. Entretanto, se por acaso, houvesse uma fratura dental, aí tínhamos que estar com a alta rotação montada, brocas cirúrgicas e outros instrumentais, se não era um “Deus nos acuda”.

Na implantodontia não é diferente. Na grande maioria dos casos que você fizer tudo bem planejadinho e seguir o script, você não vai precisar utilizar muitos instrumentais. A questão é que você precisa estar preparado para resolver as possíveis intercorrências.

Acompanhe à seguir uma listagem que considero mínima e básica de produtos para implantodontia para se poder fazer implantes de maneira segura e preparada:

Quais produtos para implantodontia precisa ter em seu consultório odontológico:

>>>Leia mais: A importância do uso de régua endodôntica e Stop de Brocas

  • Agulhas curta, longa ou extra curta dependendo do seu gosto, lâminas de bisturi (sim no plural, mesmo que você faça um unitário, tenha mais de uma à disposição) e muitos tubetes de anestésico da sua preferência, para cada caso.
  • Kit cirúrgico de implantes da marca que você utiliza – verifique se ele está completo e com as peças em seus devidos lugares. Sempre com uma catraca com troquímetro para você não abusar da força e das conexões na hora da instalação.
  • Os implantes propriamente ditos e aí a dica é que você tenha um estoque ou opções, caso haja uma mudança repentina de planejamento no transoperatório. Além disso, comprar implantes em quantidade vai te trazer melhores descontos. Tenha certeza sobre todas peças necessárias como compra de covers ou cicatrizadores à parte;

>>>Leia mais: Como escolher o tamanho de implantes dentários

Você acha que os produtos essenciais acabou por ai?

  • Contra ângulo para preparo dos leitos e instalação dos implantes. Melhor ainda se ele for 20:1 e melhor do mundo se tiver fonte de luz. Outra peça que é melhor ter 2 ou 3 no consultório para casos de quebra ou manutenção;
  • Motor cirúrgico para implante;
  • Osso particulado e membranas. É salutar termos pelo menos uma caixinha com enxerto ósseo para casos de perda de parte da tábua óssea vestibular ou casos de implantes em dentes anteriores. Além disso, uma membrana de colágeno de boa qualidade que vai proteger a sua região enxertada;
  • Em casos de protocolos e necessidade de regularização de rebordo, será preciso ainda uma peça reta e brocas específicas para este fim. Isso levando em conta cirurgias mais avançadas;
  • Material de prótese para realização da prótese sobre implante. Moldeiras, resina pó e líquido, silicones de condensação ou de adição – melhor ainda – cera 7, o kit protético com as chaves da marca de implantes que você utiliza e a catraca com troquímetro mais uma vez ou outra;
  • Equipamentos para realizar a prótese em fluxo trabalho digital;

>>>Leia mais: Odontologia digital como aliada da implantodontia

  • Materiais de consumo de apoio como cimentos provisórios e definitivos, fita de teflon para proteção dos parafusos e resinas compostas para fechamento das entradas dos parafusos das próteses aparafusadas.

Bastante coisa né? Os produtos para implantodontia demanda um grande investimento inicial e cuidado na manutenção dos equipamentos. Quem cuida muito bem do material vai se beneficiar porque vai aumentar sua durabilidade. Por essa e outras que vale a pena cobrar muito bem pelo seu serviço e realizar procedimentos de primeira com toda tecnologia que temos hoje e proporcionar dentes duradouros, funcionais e estéticos para nossos pacientes.

Além de tudo isso, o Implantodontistas deve ter uma parceria com um bom laboratório de prótese e muita disposição para estar sempre se atualizando e fazendo cursos para estar em dia com as novas tecnologias e abordagens do mundo dos implantes.

P.S. – se eu me esqueci de algum material, deixa aí nos comentários!

Um Abraço!

Sobre o autor:

Luiz Rodolfo | @dicasodonto

  • Cirurgião-dentista;
  • Especialista em Periodontia e Implantodontia;
  • Membro da Comissão de Mídias Sociais e Odontologia do CROSP.

✍️ Deixe seu comentário

📢 Compartilhe com os amigos

🕵 Siga nossas redes:

Facebook

Instagram

Twitter

Pinterest

TikTok

Acesse nossa Loja Virtual e encontre a solução completa para você na Odontologia!

Comentários

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.