Dentística e Estética

Utilizando facetas em casos de dentes escurecidos

Utilizando facetas em casos de dentes escurecidos
Compartilhar | Comentar

O número de pacientes que procuram o Cirurgião-Dentista por queixas estéticas vem aumentando significativamente. Conquistar um sorriso harmônico, alinhado e branco nunca foi o sonho de tantas pessoas como no momento em que vivemos. Isso nos faz lembrar de inúmeras queixas relacionadas a estética que encontramos no dia a dia clínico. O tratamento de dentes escurecidos, sejam eles decorrentes de traumatismos, tratamento endodônticos e hipoplasias, é uma dessas queixas.

Solucionar problemas relacionados ao escurecimento do elemento dentário é um grande desafio e exige do profissional conhecimento, experiência e destreza. Visto que existe uma infinidade de materiais, técnicas e graus de escurecimento. Portanto, saber visualizar o problema e optar pelo melhor tratamento de forma individual é de extrema importância. Por consequência, terá grande influência no sucesso do procedimento.

Causas do escurecimento

Os incisivos superiores são os elementos dentários mais suscetíveis aos traumatismos dentários. As causas mais comuns envolvem quedas, acidentes automobilísticos e durante a prática esportiva. Características anatômicas individuais, como overjet acentuado e ausência de selamento labial, funcionam como fatores predisponentes.

Além dos traumatismos, lesões cariosas também podem levar à necrose pulpar e a necessidade da realização de tratamento endodôntico, podendo ocasionar o escurecimento do elemento dental.
A primeira alternativa para solucionar o escurecimento de dentes tratados endodonticamente é o clareamento interno. Porém, essa técnica por si só nem sempre consegue corrigir a discrepância de coloração, sendo necessário partir para técnicas restauradoras.

Técnica Restauradora

As alternativas restauradoras mais comuns para solucionar casos de dentes escurecidos são as facetas em resina composta e as facetas cerâmicas. Com ambas as técnicas é possível conseguir ótimos resultados, porém as resinas possuem algumas vantagens e desvantagens em relação as cerâmicas. São elas:

Vantagens da utilização de facetas

  • Rapidez da técnica: em uma única consulta o trabalho é concluído;
  • Custo bem mais baixo em relação as restaurações cerâmicas;
  • Reprodução com maior facilidade das características dentárias individuais, como mamelos e translucidez incisal, visto que se tem à disposição, durante a elaboração da restauração, o elemento homólogo;
  • Possibilidade de reparo em casos de injúrias a restauração;
  • Não necessita envolver terceiros na realização, como é o caso das cerâmicas, onde há necessidade de enviar trabalhos ao protético.

Desvantagens:

  • Dificuldade no mascaramento da cor;
  • Com o tempo, a resina pode acabar perdendo o brilho, necessitando de consultas ao longo do tempo para realizar polimentos;
  • Possibilidade de pigmentação ao longo do tempo, principalmente em pacientes fumantes.

Geralmente a confecção da faceta exige o desgaste de estrutura dental que pode envolver apenas esmalte ou em casos mais severos, onde a coloração é mais escura, a dentina. O que realmente determinará a quantidade de desgaste será o grau de escurecimento. Deve-se optar por utilizar resinas mais opacas nas camadas mais profundas, a fim de promover um mascaramento da cor.

Atualmente, no mercado, contamos com diversas opções de resinas fluídas opacificadoras, sendo uma excelente alternativa, pois em finas camadas já se consegue esconder o escurecimento. A confecção de facetas em dentes escurecidos continua sendo um grande desafio para os Cirurgiões-Dentista, visto que as peculiaridades de cada paciente e a maior exigência estética na atualidade tornam necessária uma grande destreza do profissional. Todavia, a grande variedade de materiais e um aumento da quantidade e
qualidade dos cursos em estéticas possibilitam melhores tratamentos.

Casos de escurecimento dental

Referências

1. Zaleckiene V, Peciuliene V, Brukiene V, Drukteinis S. Traumatic dental injuries: etiology, prevalence and possible outcomes. Stomatologija, Baltic Dental and Maxillofacial Journal 2014; 16: 7-14.
2. Souza CR, Augusto CR, Aquino EP, Alves JC, Pires RP, Venâncio GN. Esthetic rehabilitation of anterior darkened tooth: case report. Arch Health Invest 2017;6(8): 377-381.
3. Felippe LA, Monteiro SJr, Baratieri LN, Caldeira de Andrada MA, Ritter AV. Using opaquers under direct composite resin veneers: an illustrated review of the technique. J Esthet Restor Dent 2003; 15(6): 327-36.

Orlando Mitsuo Morita
Cirurgião dentista, especializando em Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares.

 

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.