#juntospelaodonto

Você promete implantes com carga imediata aos seus pacientes?

Você promete implantes com carga imediata aos seus pacientes?
Compartilhar | Comentar

Entendo que precisamos buscar diferenciais, inovações e diferentes abordagens. Entretanto, é preciso muito cuidado na hora de explicar seu serviço, principalmente se envolver implantes dentários. Nunca prometa carga imediata!

Nunca prometa resultados em tratamentos de saúde

Nós temos conhecimento e experiência para prever o que vai acontecer na maioria dos casos, mas nunca temos certeza absoluta.

Cansamos de ver propagandas em programas na televisão aberta em que dentistas prometem mundos e fundos em implantes aos pacientes Dentre as frases mais comuns, temos: “Volte a sorrir”, “volte a comer churrasco”, “fale sem se preocupar com a dentadura caindo”, “Carga imediata em 72 horas”.

Seria ideal se esses tratamentos fossem para todo mundo. Mas nós sabemos que não são!

Você só terá certeza do resultado após travar os implantes!

Por mais bem equipado que você esteja, por mais experiente e mesmo que você tenha quase certeza que vai travar aqueles implantes com pelo menos 35 ou 40N/cm, “quase” não é o suficiente.

Dessa forma, fica o recado para aqueles que estão começando na especialidade de implantodontia: você pode se propor a fazer implantes com carga imediata, pode se preparar para deixar o paciente pronto, porém, você só terá certeza depois que travar os implantes.

Deixe claro os riscos do procedimento

Uma recomendação importante é que você tenha um documento assinado pelo paciente chamado de “Termo de Consentimento Esclarecido”. Ali você vai detalhar os riscos inerentes aos tratamentos com implantes dentários e pedir para o paciente assinar uma via.

Leia junto com ele, utilize uma televisão com imagens, use o Google e seus casos de sucesso. Gaste tempo na explicação e não minimize os riscos. Diga que o implante pode ser perdido, que pode não durar a vida toda, pode quebrar, pode retrair a gengiva e pode ser que tenha que trocar a prótese com o tempo.

Encontrei um bom exemplo publicado pelo CRO-PR, clique AQUI pra baixar.

Redija relatórios cirúrgicos

Outra sugestão que faço aos colegas que realizam cirurgias de implante é que redijam relatórios cirúrgicos. A cada cirurgia finalizada, descreva no prontuário em detalhes como transcorreu a cirurgia.

Dessa forma, informe a quantidade e tipo de anestésicos utilizados, qual implante foi instalado e quanto travou, se algum material de enxertia foi utilizado, se usou membrana, se houve alguma intercorrência. Entregue ao seu paciente as informações do implante que você instalou. Isso vai poupar inúmeras dores de cabeça futuras.

Montei abaixo um exemplo de como faço no meu dia a dia:

Cirurgia de implante dente 46 – P.A. inicial – 12 x 8 mmHg; Anestesia – 2 tubetes de MEPIADRE 100, incisão, descolamento, fresagem, instalação de implante cone morse 4.3 x 10 mm travado com 45N/cm, deixado 1 mm abaixo da crista óssea, cover, sutura, radiografia periapical, orientações P.O., paciente medicado com…

Essa anotação vai ser extremamente útil para suas decisões futuras com a prótese sobre implante, ou no caso de alguma intercorrência pós operatória ou ainda como proteção jurídica.

Sempre utilize implantes e componentes originais, com certificação.

E principalmente, siga à risca as recomendações dos fabricantes. Nós temos que pensar que sucesso em odontologia também significa durabilidade. Nessa sociedade cada vez mais imediatista, com a liberação das postagens com imagens antes e depois em odontologia, vemos muitos “sucessos” de curta duração. Vejo pouco acompanhamento de casos ao longo dos anos.

Paciente que utiliza implantes precisa de retornos definidos. O tempo pode ser definido baseado em cada caso. A gente tem que sempre lembrar que na maioria das vezes o paciente perdeu os dentes naturais porque negligenciou a higiene. Quem disse que agora ele vai agir diferente? Os retornos devem ser cobrados

A única promessa que podemos fazer em sã consciência é a de que vamos fazer o melhor, dentro das melhores técnicas disponíveis no momento, utilizando materiais de qualidade, com procedência e certificação.

Um Abraço,

Luiz Rodolfo

carga imediata

 

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.