Especialidades

Bichectomia: técnicas, contraindicações e cuidados

Bichectomia: técnicas, contraindicações e cuidados
Compartilhar | Comentar

A bichectomia é um procedimento cirúrgico feito em consultório odontológico. A cirurgia visa melhorar o contorno do rosto através da remoção das bolas de bichat, diminuindo o volume das bochechas. A bola de gordura possui esse nome devido ao anatomista Marie François Xavier Bichat que descobriu a área possível de cirurgia na região da bochecha.

O que poucos sabem é que a principal indicação da remoção dessa bola de gordura é para pacientes que mordem muito a bochecha devido ao estreitamento do corredor bucal, formando aquela linha esbranquiçada conhecida como linha alba. O procedimento é procurado, principalmente, por pacientes que desejam ter o rosto mais magro ou que queiram mudar a forma do rosto como um todo.

Fatores como peso e envelhecimento colaboram para bochechas maiores. Para quem sofre desse incômodo, pode ter a bichectomia como solução. Esse procedimento é irreversível, todos os pacientes devem saber que a remoção é definitiva. Os resultados começam a surgir após 3 semanas. A recuperação total ocorre a partir de 6 meses depois da operação.

Técnicas de cirurgia da Bichectomia

A técnica da cirurgia é um procedimento simples, que dura em torno de 1 hora. A incisão é feita próxima a região do ducto parotídeo. O dentista deve tomar todos os cuidados possíveis para não atingir a região, pois os danos são irreversíveis ao paciente, como a falta da produção de saliva.

Contraindicações

• Pessoas que passam por radioterapia e quimioterapia;
• Infecções locais ou sistêmicos;
• Cardiopatias severas;
• Pacientes sistemicamente não compensados;
• Deficiência de fatores de coagulação;
• Problemas hepáticos e renais grave;
• Pessoas menores de idade;
• Mulheres grávidas.

Cuidados pré e pós-cirúrgico

É comum durante o pré-operatório a solicitação de exames de sangue como glicemia, coagulograma e hemograma completo ou até mesmo físico. Tudo isso para se certificar que a saúde do paciente permite uma operação. Após a cirurgia alguns cuidados especiais devem ser tomados como compressa com gelo, alimentos pastosos, faixa de compressão, não tomar sol na região e, caso sinta alguma dor, medicamentos.

Devemos tomar cuidado com a banalização da Bichectomia. O dentista deve ter bom senso ao indicar para seus pacientes o procedimento, levando em consideração as indicações e necessidade dos pacientes.

 

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.