Gestão e Marketing

8 modelos de clínicas para você se inspirar

8 modelos de clínicas para você se inspirar
Compartilhar | Comentar

Há 10, 20, 30 anos, ser dentista era uma profissão muito mais lucrativa. Naquela época, existia bem menos concorrência do que encontramos hoje. Essa é uma lei básica do mercado: oferta e demanda. Provavelmente você já ouviu falar disso em algum momento da sua vida. Você já ouviu falar de modelos de negócio? Hoje vamos falar sobre 8 modelos de clínicas possíveis para criar diferenciação 

Quanto mais dentistas oferecem serviços, mais baratos eles ficam. A revista Exame publicou uma matéria no fim de 2018 e mostrou que em 8 anos, o número de dentistas aumentou 42% no Brasil. Se você quiser ler a matéria completa pode clicar aquiIsso acontece com praticamente todas as profissões. Hoje, tudo é mais barato do que já foi um dia. Quase todo mundo consegue comprar um carro, um celular ou ir ao dentista. Basta querer. Por isso, é importante criar um diferencial para destacar a sua clínica perante às outras. 

O grande X da questão é: como fazer esses clientes irem no seu consultório, ao invés de qualquer outro?

Como eu quero que você saia desse artigo pronto para fazer diferente e começar a faturar mais, vou separar aqui alguns modelos de clínicas para você se inspirar. Escolhi esses modelos a partir de todas as conversas que já tive com dentistas que conheço, que usam o Simples Dental, além de pesquisas que fiz para abrir a minha própria clínica. Eu não tenho como garantir seu sucesso, mas posso pelo menos te mostrar os modelos de clínicas que estão dando certo e aí você decide o que mais gosta ou faz mais sentido para sua clínica.

8 modelos de clínicas pra você se inspirar

Clínicas populares com preço baixo

Esse tipo de clínica cresceu muito alguns anos atrás. Aqui, o pilar principal é fazer tratamentos mais baratos e com pagamentos sempre à vista ou no cartão.  Normalmente os dentistas recebem uma porcentagem menor também. Como a margem de lucro é apertada, eles ganham no volume. 

Clínica populares com preço alto

Eu gosto muito desse modelo. É uma clínica que usa material de qualidade e cobra um preço justo, normalmente de 20 a 50% mais caro que a maioria dos dentistas. O grande segredo dele é o parcelamento. Você oferece condições para os pacientes fazerem os tratamentos parcelados. Em 12, 24 ou até 36 vezes diretamente com você. Inadimplência é um problema nesse modelo. Conheço várias clínicas que apresentam uma taxa de inadimplência que gira em torno de 20 a 35%. Por isso, a margem de lucro tem que ser boa. 

Além disso, controlar o financeiro e a comissão da equipe nesse tipo de modelo é bem difícil. Softwares como o Simples Dental facilitam muito esse processo. 

Clínicas com super marketing e atendimento

Algumas franquias ou redes de clínicas isoladas têm adotado essa estratégia. São clínicas boas, mas que pelo marketing, parecem incríveis. Elas investem pesado em todo tipo de canal, como outdoors, rádios, programas de televisão regional e marketing digital. 

As pessoas têm a clara impressão que estão na melhor clínica do mundo, o que nem sempre é verdade. Essas clínicas costumam ser maiores, já que para investir essa grana em marketing você precisa ter uma estrutura que consiga atender uma grande demanda. Elas também são muito bem decoradas e tem um bom atendimento padronizado, com processos bem definidos, para evitar falhas.

Clínicas com padrão técnico Baratieri

Para esse tipo de modelo de clínica o essencial é ter um ou mais dentistas que sejam tecnicamente incríveis. Normalmente esses dentistas dão cursos para outros profissionais e suas clínicas são procuradas porque eles são realmente muito bons. Dentistas assim, chamam outros colegas que também são referência para fazer tratamentos em seus consultórios. Essas clínicas normalmente não são tão grandes, alguns são apenas consultórios mesmo. Apesar, lógico, de existirem exceções. 

Clínicas grandes com todo tipo de especialista 

Esse é um tipo de clínica relativamente novo, que deixa de ser somente odontológica e trata o paciente como um todo. O objetivo é buscar melhorar tanto a saúde, quanto a autoestima do paciente. Normalmente essa clínicas têm médicos, psicólogos, nutricionistas e dentistas. Eles vendem uma experiência de transformação na vida da pessoa. 

Clínicas de nicho 

Essas clínicas são populares em cidades um pouco maiores. Isso porque lugares muito pequenos normalmente não conseguem ter uma demanda específica para uma clínica de nicho, a não ser que atenda as cidades vizinhas. Elas se especializam em um nicho e deixam isso muito claro em toda decoração e atendimento. Por exemplo, se for focada em crianças, tem um nome, decoração, jalecos e dentistas treinados para tal. 

Se forem geriátricas, normalmente têm uma sala cirúrgica super equipada, sala de descanso, entre outros detalhes específicos para o público. Acredito muito nesse tipo de modelo, pois as pessoas estão buscando cada vez mais serviços que entreguem um experiência única e específica. 

Clínicas com padrão AA+

Essas clínicas cobram uma qualidade técnica impecável, com dentistas e materiais mais eficientes que existem. Além de algumas mordomias, como motorista, recepção com café, bolo e atendimento em horas diferenciadas. 

Nesse caso, o planejamento é impecável, afinal de contas esse tipo de cliente normalmente tem uma agenda delicada e não pode correr o risco de ter o tratamento atrasado. É muito comum nesse modelo existirem fresadoras ou laboratórios dentro das clínicas para poder dar mais agilidade aos tratamentos.

Clínicas normais em lugares com poucos dentistas

Esse não é bem um modelo, mas uma opção.  Criar consultórios normais, em lugares que não possuem muitos concorrentes. Nesse tipo de clínica, mesmo sem um grande diferencial,  você tem uma chance de construir um bom negócio. Apesar de eu acreditar que ser o único ou um dos únicos não é um diferencial (pois se vierem outros dentistas você perde sua fatia de mercado), ainda assim é uma opção para algumas pessoas. 

E agora, como você pode começar?

Analise os modelos acima e escolha aquele que mais combina com o seu tipo de serviço, sua região e com o que você quer para a sua carreira. Depois que escolher a opção que mais faz sentido, pesquise e decida as ações que você pode executar a curto, médio e longo prazo. E claro, se tiver qualquer dúvida sobre algum desses modelos ou sobre como começar, pode deixar aqui nos comentários que eu respondo. 

Espero ter ajudado!

Fica com Deus, um grande abraço e até mais. 

 

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.