Gestão e Marketing

5 dicas para o planejamento financeiro do seu consultório

5 dicas para o planejamento financeiro do seu consultório
Compartilhar | Comentar

Muitas pessoas ao final de um ano realizam uma avaliação do planejamento financeiro feito para a sua vida ou negócio, e traçam novas metas e objetivos para o ano seguinte.

Outros, não realizaram nenhum planejamento até o momento, e pretendem em 2017 começar a desenvolver a inteligência financeira importante para ações assertivas e uma correta gestão de custos em odontologia.

 

Para você que pretende começar a se planejar financeiramente a partir de agora, aí vão algumas dicas.

As 5 dicas abaixo foram criadas para apoiar e reforçar o planejamento financeiro daqueles que já estão neste exercício:

Dica 01: SEPARE SUAS FINANÇAS PESSOAIS DAS FINANÇAS DO SEU NEGÓCIO.

Aqui não importa se você tem um consultório, uma clínica, um emprego, recebe porcentagem ou fixo. É importante refletir sobre o impacto da sua vida pessoal no seu cenário financeiro profissional.

Dica 02: PENSAMENTO ESTRATÉGICO EM ODONTOLOGIA DE FORMA ANUAL.

Um planejamento financeiro anual deve se ajustar ao perfil sazonal de custos e receitas do negócio. Feito de forma anual aumenta a visão do gestor e sua forma de definir metas, fechar vendas e tomar as melhores decisões.

DICA 03: AVALIE SEPARADAMENTE SUAS RECEITAS E CALCULE SEU TICKET MÉDIO.

Um dentista num consultório pode atender clínica geral, por especialidade, cliente particular, de convênios, por percentagem, etc. Procure calcular quanto você ganha em média por hora em cada atividade. Isso é seu ticket médio.

DICA 04: CALCULE A CAPACIDADE INSTALADA DE SEU NEGÓCIO.

Ter uma estimativa do número de atendimentos que a clínica poderá fazer em 2017 permite ao gestor simular resultados e conhecer melhor as potencialidades de seu modelo de negócio

DICA 05: CONHEÇA SEUS CUSTOS E GUARDE UMA PARTE DO QUE GANHA.

Tanto na vida pessoal como no seu negócio, conhecer os custos serve de base para definir uma forma de se viver o presente e planejar o futuro em sinergia com sua independência financeira.

Busque seguir essas dicas e tenha um bom planejamento para 2017!

 

 

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse na sua caixa de entrada? Coloque seu email aqui embaixo que do resto a gente cuida.