Por que a profilaxia deve estar incluída no portifólio do seu consultório odontológico?

Você sabia que a profilaxia dentária pode ser um dos procedimentos mais rentáveis do seu consultório? Enquanto muitos profissionais estão focando em captar pacientes para procedimentos mais especializados e caros como grandes reabilitações funcionais e estéticas, a profilaxia tende a ficar um pouco esquecida. Entenda como tornar a profilaxia um carro chefe de recorrência de pacientes.

A Ortodontia já conseguiu estipular um tratamento de presença mensal do paciente. A consulta de manutenção ortodôntica garante o bom andamento do tratamento e gera essa recorrência mensal de pagamentos. Isso significa a proximidade do sonho do dentista profissional liberal de ter uma ideia mais precisa de quanto dinheiro vai entrar no mês e assim se organizar melhor financeiramente.

Entretanto, o tratamento ortodôntico, depois de 2 ou 3 anos em média, chega ao fim. Transferindo esse pensamento para a profilaxia dentária, seria possível determinar voltas recorrentes dos pacientes ao consultório sem limites porque os dentes nunca deixam de ficar sujos.

Atualmente, vemos o surgimento de sistemas especiais e protocolos específicos de profilaxia como por exemplo o GBT – Guided Biofilm Therapy da empresa EMS. O equipamento para cumprir este protocolo é o Air Flow Prophylaxis Master. O conceito é totalmente inovador e feito para que você consiga, além de ser um dentista diferenciado, trazer seus pacientes para realizar profilaxias recorrentes.

Depois de realizar uma profilaxia com o Air Flow, os pacientes têm maior chance de fidelização por todos os benefícios aliados ao equipamento. Ele esquenta a água, possui várias pontas de ultrassom, é minimamente invasivo, sem dor e utiliza o eritrol ao invés de bicarbonato, promove profilaxias mais rápidas, seguras e confortáveis.

>>Leia também: Por que você deve investir em um Air-Flow Prophylaxis Master

A profilaxia é um procedimento simples e previsível. E o melhor de tudo: todo mundo tem que fazer. Claro. Todos os pacientes precisam de uma limpeza dental profissional. Ademais, durante a sondagem e raspagem dos dentes podemos encontrar outros procedimentos visíveis clinicamente que podem resultar em trocas de restaurações antigas, por exemplo. Sem contar que a profilaxia se encaixa no rol de procedimentos de prevenção de problemas bucais.

Como que podemos realizar uma profilaxia completa?

Separe um tempo considerável de 40 minutos ou 1 hora. Nada que a gente faz com pressa fica bom na Odontologia. Realize um exame clínico com sondagem. Para melhor didática visual para você e principalmente para o paciente, utilize corantes para mostrar como que o paciente está realizando sua higiene bucal.

Eu sempre realizo raspagem com ultrassom e curetas periodontais. Após a raspagem podemos entrar com jatos de bicarbonato ou glicina e terminamos realizando polimento dental com taça de borracha, escova de Robinson e pasta profilática. Lembrando que a taça a gente usa para superfícies vestibulares e linguais e a escovinha para faces oclusais.

Sobretudo, o cirurgião dentista, em grande parte, está olhando muito mais para fora do seu consultório do que para dentro. Eu explico: estamos sempre em busca de novos clientes. E nessa busca nos esquecemos um pouco do ativo que já possuímos: os pacientes que já passaram com a gente.

Esses que também devem ser trabalhados para que voltem a cada 4 meses, 6 meses, 8 meses, 1 ano que seja, para realizar uma consulta de profilaxia e manutenção da higiene. Essa geração de recorrência pode se tornar lucrativa a partir do momento que vários pacientes retornam para profilaxia e manutenção.

O melhor de tudo? Sem estresse e sem dor de cabeça porque a profilaxia não causa dor. Os pacientes saem sorrindo e satisfeitos passando a língua nos dentes polidos. Até as crianças gostam da “limpezinha com escovinha”. Ainda assim, podemos utilizar desse momento para nosso marketing.

Seja com fotografias antes e depois, seja pelo cuidado que se estabelece nessa relação onde você está prevenindo futuros tratamentos invasivos. Ao final, entregue um kit caprichado de higiene bucal com escova, pasta de dente com flúor e fio dental. Muitas vezes os pacientes voltam só para ganhar esse kit novamente.

Sobre o autor:

Luiz Rodolfo | @dicasodonto

Cirurgião-dentista;
Especialista em Periodontia e Implantodontia;
Membro da Comissão de Mídias Sociais e Odontologia do CROSP.

✍️ Deixe seu comentário

📢 Compartilhe com os amigos

🕵 Siga nossas redes:

 Facebook

 Instagram

 Twitter

 Pinterest

 TikTok

Youtube

Ouça nosso Podcast

Acesse nossa Loja Virtual e encontre a solução completa para você na Odontologia!

Comentários

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.